Destaque

Tricolor bate o Rosario Central e segue na Sul-Americana

O São Paulo segue firme na busca pelo bicampeonato da Sul-Americana! Na noite desta quarta-feira (9), no Morumbi, o São Paulo venceu o Rosario Central por 1 a 0 e avançou para a segunda fase – no duelo de ida, na Argentina, as equipes empataram sem gols.

E foi sofrido, de novo, assim como no épico confronto entre os clubes na Libertadores da América de 2004. O gol de Diego Souza, no início da segunda etapa, foi semelhante ao anotado por Grafite naquele ano: chorado! De quebra, o Tricolor teve que mais uma vez ter uma postura aguerrida para superar duas expulsões (Cueva e Petros) nos instantes finais para vencer.

Agora, o clube aguarda o sorteio da CONMEBOL para conhecer o próximo adversário. Antes de entrar em campo pela Sul-Americana, porém, o São Paulo terá a sequência do Campeonato Brasileiro: no domingo (13), em Salvador, a equipe enfrentará o Bahia, na Arena Fonte Nova, em duelo válido pela quinta rodada.

Para encarar os argentinos, o técnico Diego Aguirre não contou com Rodrigo Caio (com entorse no pé esquerdo), Éder Militão (incômodo muscular na coxa esquerda) e Gonzalo Carneiro (faz trabalho de reforço muscular), além do atacante Everton (não inscrito nesta fase da competição).

Assim, o time foi escalado com Sidão; Régis, Bruno Alves, Anderson Martins e Reinaldo; Jucilei, Petros e Liziero; Nene, Diego Souza e Valdívia. Já os visitantes atuaram com Ledesma; Ferrari, Martínez, Cabezas e Parot; Da Campo, Ortigoza, Gil e Camacho; Ruben e Pereyra.

Na primeira etapa, apesar do placar permanecer inalterado, o Tricolor criou as principais chances de gols e começou a partida com intensidade. As melhores oportunidades foram concluídas por Petros e Nene, que por pouco não balançaram as redes antes do intervalo para colocar os paulistas em vantagem.

Na volta para o segundo tempo, o treinador uruguaio teve que mexer no time: Anderson Martins, lesionado, deu lugar ao equatoriano Arboleda. Em busca da classificação, o São Paulo partiu para cima do rival e arrancou o grito de gol da torcida aos 15 minutos: Reinaldo recebeu de Liziero pela esquerda e bateu cruzado. A bola bateu na trave e sobrou para Diego Souza, que não desperdiçou! 1 a 0!


Com o resultado favorável, a equipe são-paulina adotou uma postura mais cautelosa e jogou com sabedoria para administrar a vantagem e conquistar a vaga para a segunda fase da competição sul-americana. Nos instantes finais, o confronto ficou quente, e o Tricolor duas expulsões: Cueva e Petros.

Porém, mesmo com apenas nove jogadores em campo, o São Paulo foi guerreiro para seguir adiante no torneio continental. O reconhecimento veio das arquibancadas: os torcedores cantaram do início ao fim do jogo e celebraram a classificação!

Seguimos!

Fonte: SiteOficial

Clique para adicionar um comentário

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Destaque

Mais em Destaque

Diego Aguirre relaciona lista com 22 jogadores para duelo contra o Atlético-PR

saopauloadmin20 de outubro de 2018

Retorno de Arboleda e coletivo marcam quinta-feira na Barra Funda

saopauloadmin18 de outubro de 2018

Aguirre reúne atletas do São Paulo para conversa antes do treino

saopauloadmin17 de outubro de 2018

De gênio a burro: apesar dos erros, Aguirre não pode ser o único culpado pela má fase do São Paulo

saopauloadmin11 de outubro de 2018

Atacante admite momento delicado do SP, mas afirma: “Jogar a toalha jamais”

saopauloadmin9 de outubro de 2018

São Paulo treina de portões fechados, e jogadores têm conversa em busca de retomada

saopauloadmin8 de outubro de 2018

Diego Souza pode marcar 100º gol em Brasileiros no Choque-Rei

saopauloadmin6 de outubro de 2018

Bruno Peres lamenta saída do lateral: “Pessoa fantástica”

saopauloadmin5 de outubro de 2018

‘São Paulo vai brigar pelo Brasileirão até o último minuto’, avisa Lugano

saopauloadmin2 de outubro de 2018