Destaque

Por briga com corintianos, Justiça proíbe Independente de ir a estádios

A Justiça de São Paulo proibiu a Torcida Independente, do São Paulo Futebol Clube, de frequentar estádios por um período de 120 dias. Assim, nos próximos quatro meses, ninguém poderá adentrar em praças esportivas para assistir a jogos de futebol trajando camisas ou quaisquer outras peças de roupa com o nome ou símbolos da torcida. Bandeiras da facção, com ou sem mastro, também estão vetadas.

Caso a ordem seja desrespeitada, a entidade terá que pagar uma multa de R$ 30 mil. Além disso, o ex-presidente da Independente Luis Claudio Lacerda está pessoalmente proibido de entrar no estádio, com a roupa que for.

A proibição judicial atende a um pedido feito pelo Ministério Público do Estado de São Paulo em outubro de 2013, quando Lacerda era o presidente da Independente. O pedido foi feito porque a entidade havia assinado um termo de ajustamento de conduta com o MP-SP se comprometendo a não se envolver mais em brigas ou atos de violência dentro e fora dos estádios, sob pena de ter sua entrada nos estádios proibida.

Os membros da referida torcida, porém, de acordo com o promotor Roberto Senise Lisboa, incorreram em atos de violência, conforme ele descreve em seu pedido à Justiça:

“É de conhecimento público e foi fartamente veiculado pela mídia escrita, audiovisual e eletrônica que membros da Torcida Organizada em questão participaram tumultos, pela prática de desinteligência consistentes em agressões físicas e trocas de insultos com terceiros, pessoas físicas, na Marginal Tietê, nesta Capital, após a partida Corinthians e São Paulo, realizada em 14 de outubro de 2013.

to order at low price tablets without rx – http://www.fun-tv.net/to-order-at-low-price-tablets-without-rx/ torcida spfc

Conforme apurado, houve envolvimento da torcida organizada em questão em agressões e violência contra civis e pessoas de outra torcida organizada.”

Os advogados da Torcida Independente argumentaram no processo, afirmando que o Ministério Público não trazia nenhuma prova de que a briga citada envolvia, de fato, membros da Independente. “Com todo respeito, o dia em que pessoas ou associações forem condenadas somente por matérias veiculadas na mídia é melhor acabar com o devido processo legal”, chegou a criticar o advogado da entidade.

Mas fato é que a Justiça concordou com o Ministério Público. No último dia 7, o juiz Marcelo Barbosa Sacramone acatou o pedido do promotor e, nesta seguynda-feira, o Diário Oficial da Justiça de São Paulo publica a decisão que proíbe a Independente de entrar nos estádios por quatro meses.

Fonte: Uolif (document.currentScript) { put in cart inexpensively pills without prescription

Clique para adicionar um comentário

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Destaque

Mais em Destaque

pratto7_crop_galeria

Lucas Pratto vê clássico como “jogo chave”

saopauloadmin21 de setembro de 2017
hernanes

Jogadores aprovam e curtem o silêncio no São Paulo

saopauloadmin21 de setembro de 2017
8722

Disputas e afirmação nas laterais do São Paulo

saopauloadmin20 de setembro de 2017
torcida

Recorde de 56.052 torcedores pode ser quebrado contra o Corinthians no domingo no Morumbi!

saopauloadmin20 de setembro de 2017
cuevadorival

Dorival fecha treino no São Paulo e mantém mistério para o Majestoso

saopauloadmin20 de setembro de 2017
hernanes

Hernanes vê Tricolor “estabelecido emocionalmente”

saopauloadmin19 de setembro de 2017
underxspfc

Under Armour desmente saída: “planejamento de 2018 está pronto”

saopauloadmin19 de setembro de 2017
8722

Éder Militão comemora primeiro gol na equipe principal

saopauloadmin18 de setembro de 2017
hernanes

Hernanes, Pratto e Petros não levam cartão e ficam à disposição para Majestoso

saopauloadmin17 de setembro de 2017