Destaque

Na reestreia de Hernanes, Tricolor faz história no Engenhão!

Foi emocionante, heroico, marcante…profético! Assim, com um espírito guerreiro que confirmou a reação do Tricolor no Campeonato Brasileiro de 2017, o Tricolor bateu o Botafogo de virada por 4 a 3 na tarde sábado (29) em duelo válido pela 17ª rodada! No retorno de Hernanes e com a estreia de Marcos Guilherme, o São Paulo escreveu um capítulo histórico no Engenhão e mostrou a sua força para arrancar o importante triunfo para tirar a equipe das últimas colocações.

Na reta final da partida, os anfitriões venciam por 3 a 1 e caminhavam para decretar o revés dos paulistas. Porém, com muita raça, o time são-paulino foi buscar a virada no placar: Marcos Guilherme, duas vezes, e Hernanes balançaram as redes – Cueva havia marcado na primeira etapa – para garantir a festa dos torcedores nas arquibancadas! Uma atuação épica, que fez o Tricolor saltar para a 15ª colocação, agora com 19 pontos.


Para encarar os cariocas, o técnico Dorival Júnior teve alguns desfalques: Morato (cirurgia no joelho direito), Denis (tendinite no ombro), Lucas Fernandes (estiramento no posterior da coxa esquerda), Maicosuel (aprimora forma física) e Júnior Tavares (edema na coxa direita). Assim, com o Profeta, o treinador escalou o time com Renan Ribeiro; Bruno, Rodrigo Caio, Arboleda e Edimar; Jucilei, Petros e Hernanes; Marcinho, Lucas Pratto e Cueva.

Por iniciativa de Pratto, Hernanes recebeu a braçadeira e foi o capitão da equipe na reestreia. Já os anfitriões atuaram com Gatito; Luis Ricardo, Igor Rabello, Carli e Victor Luís; Rodrigo Lindoso, Matheus Fernandes, João Paulo e Marcos Vinicius; Rodrigo Pimpão e Roger. Quando a partida começou, o Botafogo iniciou com mais posse de bola, ficou mais tempo no campo de ataque e buscou as jogadas na frente.

Porém, quem balançou as redes primeiro foi o Tricolor. Aos 17 minutos, Lucas Pratto desceu da direita para o meio e tocou para Cueva, que tentou a jogada individual. O peruano disputou a bola com os marcadores, ganhou e tocou para inaugurar o marcador no Estádio Nilton Santos: 1 a 0! Os visitantes ainda festejavam o gol do camisa 10, quando dois minutos depois os donos da casa deixaram tudo igual com Marcos Vinícius.

Em busca da vitória, o Tricolor se mandou para o ataque e criou boa chance aos 20 minutos: após boa troca de passes, Edimar recebeu e disparou uma bomba de pé esquerdo. O goleiro do Botafogo defendeu parcialmente e, na sobra, a zaga afastou. O próprio lateral-esquerdo são-paulino, mais tarde, arriscou de longe em outra investida e também levou perigo. E quando tentava retomar a vantagem no marcador, o time são-paulino sofreu o segundo gol aos 25, anotado por Marcos Vinícius. 2 a 1.

Na volta para a segunda etapa, o São Paulo tentou acuar o rival, mas tinha dificuldade para criar as jogadas. Dorival, então, promoveu duas alterações aos 18 minutos para dar fôlego novo ao time: entraram Wellington Nem e o estreante Marcos Guilherme nas vagas de Marcinho e Petros. E as mudanças do treinador funcionaram: aos 20, Wellington Nem invadiu a área em velocidade e foi derrubado. Pênalti. Cueva cobrou, mas Gatito defendeu.

No minuto seguinte, em rápida escapada, os botafoguenses ampliaram com Guilherme e pareciam decretar o revés do Tricolor. Mas, sem desistir e com muito empenho, o São Paulo arrancou a vitória no Rio de Janeiro! Aos 39, Cueva cobrou escanteio pela esquerda, Arboleda desviou e Marcos Guilherme cabeceou para dentro do gol! 3 a 2!

Sem tirar o pé, o time são-paulino manteve a pressão e empatou aos 41 minutos com o Profeta! No lance do gol, Cueva avançou pelo meio e tocou para Bruno na direita. O lateral cruzou, Hernanes desviou de cabeça e a bola sobrou na esquerda para o peruano, que bateu rasteiro. O camisa 15 pegou a sobra, no lado direito, chutou rasteiro, a bola bateu em Igor Rabello. No rebote, desta vez de pé esquerdo, o meio-campista finalizou firme e deixou tudo igual! 3 a 3 e dose ânimo extra para buscar a histórica virada!

E foi assim, com espírito guerreiro, e muita raça que o São Paulo conquistou a memorável vitória no Engenhão! Já nos acréscimos, Cueva fez lindo lançamento para Marcos Guilherme, que invadiu a área e bateu cruzado, no canto! Sem chance para o goleiro adversário! 4 a 3 e muita festa dos atletas em campo e da torcida nas arquibancadas! Emocionante, importantíssimo para o time na competição e a certeza de que o Tricolor reagiu no Campeonato Brasileiro!

Fonte: SiteOficial

Clique para adicionar um comentário

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Destaque

Mais em Destaque

Equatoriano João Rojas reforça o Tricolor

saopauloadmin24 de junho de 2018

Lugano busca reforços mas afirma: “Não adianta enganar a torcida”

saopauloadmin22 de junho de 2018

Everton: o ‘aditivo’ que faltava ao motor Tricolor

saopauloadmin20 de junho de 2018

Reforço? Após empresário anunciar proposta oficial por Rômulo, jogador posta foto no CT do São Paulo

saopauloadmin20 de junho de 2018

No melhor momento neste retorno, Hudson faz balanço e exalta Tricolor

saopauloadmin18 de junho de 2018

O que mudou no São Paulo comandado por Aguirre

saopauloadmin15 de junho de 2018

Em boa fase, Everton se torna fundamental no ataque do Tricolor

saopauloadmin14 de junho de 2018

Sonho do Vasco, Alex Teixeira pode reforçar o São Paulo, diz Diário Carioca

saopauloadmin14 de junho de 2018

Com ‘Puskas’ de Nene, Tricolor bate o Vitória e garante G4 antes da Copa

saopauloadmin13 de junho de 2018