Noticias

Muricy se coloca à disposição do São Paulo: “Gostaria de ajudar sem ganhar nada”

Triste com o fato do São Paulo estar na penúltima posição do Campeonato Brasileiro, Muricy Ramalho se colocou à disposição para ajudar o clube a fugir do rebaixamento. No “Bem, Amigos! desta segunda, o comentarista do SporTV disse que não foi procurado por nenhum dirigente tricolor, mas destacou que não deixou de acompanhar a equipe do Morumbi.

Muricy reforçou que não deseja voltar a trabalhar como treinador, mas garantiu que poderia ajudar o clube de outra forma, nem que seja para conversar com os jogadores e com o técnico Dorival Júnior. Ele fez questão de afirmar que cobraria nada do Tricolor.


– Da diretoria do São Paulo não teve nenhum contato. Eu estou acompanhando essa situação ruim do clube de longe e torcendo bastante para sair (…). Como técnico não existe nenhuma chance. Eu estou muito feliz no SporTV. Sou muito bem tratado. Sabe o que faz a gente balançar? Gostaria de ajudar sem ganhar nada. Eu queria ajudar de alguma maneira, dando uma palavra ao time, ou para o próprio (Dorival) Júnior. Ajudar de alguma maneira. Eu nasci no São Paulo, eu fui criado lá dentro. Fui criado também como treinador da base e depois do profissional. Eu tive todas as chances nesse clube. Então, eu sou muito grato e tenho um carinho enorme da torcida. Como técnico eu não quero mais.

Apesar do momento ruim do São Paulo no Campeonato Brasileiro, ele se mostrou confiante na volta por cima do clube na competição. Muricy disse que o time tricolor já evoluiu com Dorival Júnior, mas colocou como que é precisa trabalhar a parte psicológica dos jogadores.

– Eu acho que a situação não é tão terrível, não. O São Paulo com duas vitórias chega no 11º, que hoje é o Atlético-MG. Dá para ter uma reação (…). É uma situação muito complicada, mas tem condições de sair. A gente não pode falar do ambiente porque a gente não sabe como está o ambiente. A parte coletiva do São Paulo melhorou um pouquinho, mas ainda está oscilando. o Júnior teve 15 dias para melhor o time e melhorou um pouquinho. Mas o que mais dificulta esse time é a parte individual. Não pelos atletas, porque tem bons jogadores em todos os setores. Mas é a parte psicológica. O time está muito abatido. Quando toma um gol é um desespero danado. O Júnior precisa trabalhar muito essa parte de confiança e a parte psicológica, que tem lá a psicóloga do São Paulo que pode ajudar bastante.

Revelado como jogador de futebol no São Paulo, Muricy Ramalho também iniciou a sua carreira de técnico de futebol no Morumbi. No comando do Tricolor, ele conquistou três títulos do Campeonato Brasileiro e uma Copa Conmebol. Ele trabalhou como técnico até o ano passado, quando precisou deixar o Flamengo por problemas de saúde.

Fonte:

Clique para adicionar um comentário

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Noticias

Mais em Noticias

Jucilei crê em permanência no São Paulo e lamenta “ano de chacota”

saopauloadmin20 de novembro de 2017

Petros e Jucilei: donos do meio de campo tricolor

saopauloadmin14 de novembro de 2017

Dorival analisa empate e elogia torcida são-paulina

saopauloadmin12 de novembro de 2017

Kaká ainda não definiu futuro e pode ter se despedido do futebol no último sábado

saopauloadmin11 de novembro de 2017

Hernanes falou sobre o bom momento e brinca sobre jogos do SP: “Uns 50 iam para o hospital no fim”

saopauloadmin7 de novembro de 2017

Meta, consistência e ambiente: elenco avalia momento tricolor

saopauloadmin5 de novembro de 2017

7 empresas negociam com o São Paulo para estampar camisa em 2018

saopauloadmin2 de novembro de 2017

‘Superprofeta’!

saopauloadmin30 de outubro de 2017

CHANCELA DA FIFA TEM IMPORTÂNCIA ZERO PARA O TORCEDOR QUE VIVEU OS MUNDIAIS

saopauloadmin27 de outubro de 2017