Destaque Noticia

Lugano não viaja com São Paulo para enfrentar a Chape

Até agora, Lugano não tem muitas memórias positivas de 2017. No total, o São Paulo disputou 39 jogos e o zagueiro entrou em campo apenas 11 vezes. Em mais um capítulo dessa história, ele ficou fora da lista de relacionados para a partida deste domingo (16), contra a Chapecoense. Por isso, o uruguaio nem sequer viajou com os companheiros neste sábado, para Santa Catarina. Afinal, não teria sentido a comissão técnica levar um jogador que não poderá ser utilizado.

De acordo com o regulamento do Campeonato Brasileiro, uma equipe pode contar no máximo com cinco estrangeiros em cada partida. No caso do São Paulo, Dorival deve repetir a formação utilizada no empate por 2 a 2 com o Atlético-GO, na quinta-feira. Desta maneira, Buffarini, Arboleda, Jonatan Gómez, Cueva e Lucas Pratto serão os jogadores não-nascidos no país. A única possibilidade de isso não acontecer é uma mudança repentina de planos do treinador, como alguma lesão.

Segundo apurou a reportagem, Lugano encarou com naturalidade tal situação. Experiente, o jogador, de 36 anos, tem consciência de que os colegas estrangeiros podem ser mais importantes dentro de campo neste momento. O uruguaio, porém, não abriu mão do seu papel de líder dentro do time. Contra o Atlético-GO, por exemplo, fez questão de ir ao Morumbi para acompanhar a partida e foi ao vestiário para dar apoio aos colegas.

Essa não é a primeira dor de cabeça que o zagueiro teve neste ano. O jogador viveu o último mês sem a certeza de que continuaria a temporada no São Paulo. Ele tinha contrato com o clube somente até o fim de junho e a diretoria não se mostrava disposta a renovar o vínculo. Apenas uma semana antes do término do acordo, uma proposta foi apresentada. Apesar de ter ficado chateado com a postura do clube, Lugano aceitou a oferta.

Com o novo contrato, o uruguaio viu o seu salário ser reduzido em R$ 100 mil. O clube alega que ele poderá recuperar esse valor com uma partida de amistosa de despedida do São Paulo no fim da temporada. No caso, ele terá direito a 40% do que o Tricolor arrecadar com o duelo.

Para completar, assim como o restante do elenco, o defensor também sofre com a campanha do São Paulo no Campeonato Brasileiro. Com apenas 12 pontos em 13 partidas, o São Paulo ocupa a 17ª posição na tabela, abrindo da zona do rebaixamento.

Fonte:

Clique para adicionar um comentário

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Destaque Noticia

Mais em Destaque Noticia

sidao

Sidão quer retribuir apoio dos torcedores com vitórias

saopauloadmin22 de setembro de 2017
pratto

Jejum de gols no São Paulo incomoda Pratto

saopauloadmin21 de setembro de 2017
treino

Dorival esboça time que enfrentará o Corinthians

saopauloadmin21 de setembro de 2017
junior

Junior Tavares dá volta por cima e arranca elogios internamente

saopauloadmin20 de setembro de 2017
rodrigo

Com canela cortada, Rodrigo Caio valoriza treinos de Dorival Júnior

saopauloadmin20 de setembro de 2017
marcos

Na semana do clássico, Marcos Guilherme relembra 100º gol de Ceni

saopauloadmin20 de setembro de 2017
morumbi

São Paulo projeta lucro de R$ 10mi com shows que vão tirá-lo do Morumbi por cinco rodadas

saopauloadmin20 de setembro de 2017
torcida

“Torcida exemplar” já compra quase 48.000 ingressos para decisão contra Corinthians

saopauloadmin19 de setembro de 2017
marcos

Atuar no Majestoso: Mais um sonho realizado por Marcos Guilherme

saopauloadmin19 de setembro de 2017