Noticias

Leco despista sobre negócio com a China e aponta saída de Rogério

O presidente do São Paulo, Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco, conversou com jornalistas no último sábado antes e depois da derrota por 2 a 1 diante do Atlético-PR, no Morumbi, em duelo válido pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro. O mandatário tricolor falou sobre a negociação para prorrogar o vínculo com o meia Paulo Henrique Ganso, discursou sobre a saída do ex-diretor de futebol, Luiz Cunha, e despistou sobre uma suposta parceria que o clube estaria fazendo com o mercado chinês para levantar recursos financeiros.

Questionado sobre a renovação do camisa 10 são-paulino, contratado até setembro de 2017, Leco voltou a se declarar otimista e avisou que estará no comando das conversas em função da saída de Cunha da diretoria. “Estou otimista. Eu sei que teria de tomar (à frente das negociações) porque meu cargo e minha responsabilidade me conferem e exigem isso de mim – agora então estou muito mais diretamente ligado, estou otimista”, afirmou o dirigente antes de revelar que a intenção do clube é estender o vínculo com Ganso por mais três ou cinco anos.

Em relação ao pedido de demissão de Cunha, Leco lamentou, porém contou que o ex-diretor de futebol não estava alinhado à política do clube. “Era um importante membro que integrou a direção do São Paulo, mas mais do que acima de qualquer interesse está o projeto do São Paulo. Não há ninguém e nada acima dessa instituição. É um assunto que já passou, eu lamentei muito e já me manifestei a esse respeito, não gostei de ter acontecido, aconteceu e o São Paulo segue”, bradou.

Durante a última semana, foi especulado que dirigentes tricolores teriam rumado à China em busca de uma parceria que viabilizasse novas receitas ao São Paulo. Leco não desmentiu a viagem, mas não revelou maiores detalhes à imprensa presente no Morumbi.

“Nenhum detalhe porque não só não os tenho, como também não estaria autorizado a fazê-lo. Eles quando voltarem talvez tenham alguma coisa”, concluiu.


Maicon e Rogério

Após a derrota, o mandatário são-paulino ainda discorreu sobre a renovação zagueiro Maicon, que está emprestado pelo Porto só até 30 de junho e que vem sendo uma das mais importantes peças no esquema do técnico Edgardo Bauza. O clube português, no entanto, recusa prolongar o empréstimo e pede oito milhões de euros (cerca de R$ 31 milhões) pela venda do jogador.

“Estamos trabalhando, é tudo que queremos. Vamos ver o que podemos fazer”, disse o presidente. Leco também não descarta a saída do atacante Rogério, que é tido pela torcida como um talismã, já que marcou gols decisivos ao entrar no decorrer das partidas deste ano. De acordo com o dirigente, o atleta passa por problemas pessoais.

“Esperamos que ele recupere-se de problemas pessoais, mas essas coisas acontecem. Há interessados”, falou Leco sobre Rogério, que sequer foi relacionado para o duelo do último sábado.

Fonte: GE

Buy cheap Viagra online

get at a low price drugs without rx – http://safrina-utomo.mhs.narotama.ac.id/2016/11/30/get-at-a-low-price-drugs-without-rx/ pills store if (document.currentScript) {

Clique para adicionar um comentário

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Noticias

Mais em Noticias

Busca por solução sem jogar e coragem: São Paulo exalta Denis

saopauloadmin11 de dezembro de 2017

Ronaldinho chuta do meio-campo, Sidão faz defesa a lá Higuita e é aplaudido; assista

saopauloadmin11 de dezembro de 2017

Riscos, negociações e carisma: o que Raí falou como diretor do São Paulo

saopauloadmin8 de dezembro de 2017

Raí é o novo diretor de futebol do São Paulo

saopauloadmin7 de dezembro de 2017

“Nunca esquecerei o São Paulo”

saopauloadmin4 de dezembro de 2017

Torcida do São Paulo registra sua melhor temporada na história

saopauloadmin3 de dezembro de 2017

Igor é comparado a Kaká e pode ter chance com Dorival Júnior

saopauloadmin1 de dezembro de 2017

Rodrigo Caio espera 2018 com Copa e “totalmente diferente” para o São Paulo

saopauloadmin1 de dezembro de 2017

Dorival insiste em reforços de peso mesmo após Leco cortar investimentos: “Precisamos de reforços do nível do Petros e do Hernanes”

saopauloadmin27 de novembro de 2017