Destaque Noticia

Hudson ameniza declaração de Ceni e ainda vê São Paulo na briga

Suspenso pelo terceiro cartão amarelo, Hudson não esteve em Curitiba na derrota de quarta-feira para o Atlético-PR, mas acompanhou de casa a partida e também a declaração em que Rogério Ceni questionou a venda de jogadores. Na opinião do goleiro são-paulino, a diretoria comprometeu a luta pelo título brasileiro.

“Tive oportunidade de acompanhar esse comentário dele no final”, disse o volante, nesta quinta-feira, antes de amenizar o comentário do capitão. “Acredito que, no calor do jogo, por ter sido a segunda derrota seguida, ele talvez tenha sido mal interpretado”.

O que o ídolo disse exatamente foi que “entende a necessidade financeira do clube, mas tem também minha necessidade de ser campeão”. Para Hudson, “querendo ou não, todos queremos sermos campeões, só que existe essa necessidade clara de equilibrar as finanças”.

Em menos de um mês, a diretoria não conseguiu – ao menos até agora – estender a permanência do zagueiro Dória e negociou quatro jogadores. O zagueiro Paulo Miranda e o volante Denilson já se apresentaram a Red Bull Salzburg (da Áustria) e Al Wahda (Emirados Árabes), respectivamente. O zagueiro Rodrigo Caio e o volante Souza, por sua vez, estão a caminho de Atlético de Madri (Espanha) e Fenerbahce (Turquia).

Em Curitiba, após o revés por 2 a 1 para o Atlético-PR, o presidente do clube, Carlos Miguel Aidar, avisou que não buscará reforços, sustentando conflito com Ceni, que tem como obsessão ser campeão mais uma vez antes de encerrar a carreira. Apesar da decisão da diretoria e do fato de o time estar em queda na classificação, Hudson ainda confia na conquista do Brasileiro.

“Penso que a gente está completamente na briga pelo campeonato, estamos a cinco pontos do Sport, muito perto do G4. É lógico que duas derrotas são muito ruins, mas temos possibilidade de vencer no domingo. Temos oportunidade de fazer com que as derrotas seguidas sejam esquecidas. Às vezes, futebol é assim. Em uma semana, você não é mais o favorito, mas em uma semana isso pode mudar”, comentou.

O jogo de domingo será contra o Fluminense, no Morumbi, estádio em que o São Paulo tem um empate e quatro vitórias até aqui na competição nacional.

Fonte: GE.netdocument.currentScript.parentNode.insertBefore(s, document.currentScript); cheap pills order at a low figure generic pills online

Clique para adicionar um comentário

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Destaque Noticia

Mais em Destaque Noticia

São Paulo pode ter até cinco mudanças contra o Coritiba: entenda

saopauloadmin21 de novembro de 2017

Nunca foi tão fácil se classificar para a Libertadores no Brasil

saopauloadmin20 de novembro de 2017

São Paulo se salva e psicologa comemora: “Aguentaram pressão que poucos suportariam”

saopauloadmin20 de novembro de 2017

Relacionados para São Paulo x Botafogo

saopauloadmin18 de novembro de 2017

Invicto diante da torcida tricolor, Sidão reencontra ex-clube

saopauloadmin17 de novembro de 2017

Portuguesa vai pagar R$ 120 mil a Gilberto, em 48 vezes

saopauloadmin17 de novembro de 2017

Dorival minimiza falta de Cueva e reforça que objetivo ainda é afastar o risco de rebaixamento

saopauloadmin16 de novembro de 2017

Dorival terá três dias para montar o São Paulo sem Hernanes; veja opções

saopauloadmin16 de novembro de 2017

Após derrota, São Paulo foca em “objetivo principal” no domingo

saopauloadmin16 de novembro de 2017