Destaque

“Estamos vendo alguns nomes”, diz Aguirre sobre reforços e reposições

Ciente de que deve perder alguns jogadores na abertura da janela europeia, em junho, o técnico Diego Aguirre já pensa à frente e, inclusive, admite ter uma lista de reforços preparada em caso de perdas. O comandante do São Paulo não revelou nomes, mas admitiu que atletas da base e também de outros clubes estão na mira do Tricolor.

A lista, no entanto, é apenas para reposições de prováveis perdas. Um dos nomes mais cotados no clube para o segundo semestre é o do zagueiro Walce, da equipe sub-20. Caso Éder Militão não renove seu vínculo com o clube do Morumbi e se transfira para a Europa, ou até mesmo se Rodrigo Caio for negociado, o garoto de Cotia deve subir para o time profissional.

– O que vai acontecer na janela de junho, é normal. O São Paulo é um time que tem jogadores bons e que podem ir para outros mercados. Não estamos pensando em reforços, mas temos alguns nomes em caso de algum jogador sair. O importante é não perder mais de dois ou três jogadores – disse o treinador, analisando opções na base e de fora do clube.

O comandante são-paulino ainda deixou claro que está de olho nos jogadores de Cotia. A equipe sub-20 do Tricolor na final da Copa do Brasil da categoria e, mesmo após a saída de André Jardine, segue colhendo bons resultados.

– Temos as duas opções (promoção de jogadores da base e contratação de atletas de fora). Temos olhado para alguns jogadores da base, assim como Helinho, que treina com nós e joga no sub-20. Também temos a ideia de que algum outro jogador pode subir da base. Mas temos opções de fora, dependendo da venda de algum nome, como o Cueva. Estamos de olho – pontuou o uruguaio.


Por fim, Aguirre falou brevemente sobre a situação de Éder Militão, que tem vínculo com o São Paulo até 11 de janeiro de 2019 e, no meio do ano, pode assinar pré-contrato com qualquer outro clube. Apesar das negociações e do clube do Morumbi ter feito várias ofertas ao defensor, a tendência é de que o camisa 13 saia ainda neste ano.

– Não quero falar uma coisa que pode acontecer. O importante é que Militão está conosco. É um jogador importante. Temos que, principalmente o jogador, pensar no próximo jogo e nada mais. Agora, o que vai acontecer em junho, eu não sei. Se acontecer, eu falo. Pode acontecer em junho ou em dezembro. Não temos um outro jogador com a característica dele no elenco – lamentou.

Fonte: Lance

Clique para adicionar um comentário

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Destaque

Mais em Destaque

Equatoriano João Rojas reforça o Tricolor

saopauloadmin24 de junho de 2018

Lugano busca reforços mas afirma: “Não adianta enganar a torcida”

saopauloadmin22 de junho de 2018

Everton: o ‘aditivo’ que faltava ao motor Tricolor

saopauloadmin20 de junho de 2018

Reforço? Após empresário anunciar proposta oficial por Rômulo, jogador posta foto no CT do São Paulo

saopauloadmin20 de junho de 2018

No melhor momento neste retorno, Hudson faz balanço e exalta Tricolor

saopauloadmin18 de junho de 2018

O que mudou no São Paulo comandado por Aguirre

saopauloadmin15 de junho de 2018

Em boa fase, Everton se torna fundamental no ataque do Tricolor

saopauloadmin14 de junho de 2018

Sonho do Vasco, Alex Teixeira pode reforçar o São Paulo, diz Diário Carioca

saopauloadmin14 de junho de 2018

Com ‘Puskas’ de Nene, Tricolor bate o Vitória e garante G4 antes da Copa

saopauloadmin13 de junho de 2018