Destaque Noticia

Dorival vê fim de ano de respeito, mas avisa: “São Paulo sai devendo”

Dorival Júnior cumpriu a missão para a qual foi contratado: livrar o São Paulo do rebaixamento no Campeonato Brasileiro. Com o fim da temporada se aproximando, o treinador valoriza a evolução da equipe com o trabalho que foi implementado com sua chegada ao clube, no início de julho.

“O São Paulo finaliza o campeonato com uma equipe respeitada, que tem uma maneira de jogar dentro e fora de casa. Tivemos momentos positivos que superaram a parte negativa. Acho que ganhamos muito neste fim”, avaliou Dorival, em entrevista ao canal Espn.

Com contrato até o fim de 2018, Dorival acumula 24 jogos como técnico do São Paulo e possui um aproveitamento de 48%, sendo nove vitórias, oito empates e sete derrotas. O time tricolor sacramentou sua permanência na Série A do Brasileiro com o 0 a 0 diante do Botafogo, no último domingo, no Pacaembu.

“O que sinto é que muita coisa aconteceu no São Paulo para melhor. Tivemos que mudar muito, acrescentar muita coisa, melhorando o ambiente de trabalho e aumentando o comprometimento”, disse o técnico, elencando os principais fatores para a evolução da equipe.


Dorival herdou o São Paulo de Rogério Ceni no 19º e penúltimo lugar do Brasileirão, estreando no empate por 2 a 2 com o Atlético-GO, pela 13ª rodada do torneio. Citando as dificuldades encontradas por seu antecessor, o atual comandante não soube responder se estaria brigando por objetivos maiores se tivesse assumido o time no começo do ano.

“Não dá para saber, talvez eu enfrentasse os mesmos problemas do Rogério: a questão da perda de jogadores, o fato de não ter semanas em aberto para trabalhar. Se chegasse antes talvez não tivesse encontrando o caminho”, refletiu.

A duas rodadas para o término do Brasileiro, o São Paulo é apenas o 13º colocado, com 46 pontos, e provavelmente terá de se contentar apenas com a permanência na primeira divisão, já que uma vaga na Copa Libertadores de 2018 é vista como improvável mesmo com vitórias sobre Coritiba e Bahia nos próximos finais de semana.

“O São Paulo sai devendo ao torcedor, foi muito pouco o que foi conquistado. Foi só uma saída de zona de rebaixamento. Queríamos mais, mas talvez não tivéssemos condições. Vamos continuar lutando, por uma Sul-Americana, talvez uma chance de Libertadores, mas o São Paulo tem que repensar”, alertou Dorival.

Fonte: Gazeta

Clique para adicionar um comentário

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Destaque Noticia

Mais em Destaque Noticia

Buffarini: Boca Jrs quer jogador para 2018 diz mídia argentina

saopauloadmin11 de dezembro de 2017

Empresário revela que Copete recebeu sondagem do São Paulo

saopauloadmin11 de dezembro de 2017

Raí fala de reforços, Dorival, Scarpa, Pratto, Lugano…

saopauloadmin11 de dezembro de 2017

Arboleda e a primeira temporada tricolor: “Minha vida mudou”

saopauloadmin10 de dezembro de 2017

Diego Souza desconversa mas não nega possível transferência para o São Paulo em 2018

saopauloadmin10 de dezembro de 2017

Acertado com Tricolor, Jean já escolheu apartamento na capital

saopauloadmin8 de dezembro de 2017

Por São Paulo, Raí abandona a presidência da Atletas em momento-chave

saopauloadmin8 de dezembro de 2017

Raí é o novo diretor de futebol do São Paulo

saopauloadmin7 de dezembro de 2017

Perto de Jean, São Paulo não deve renovar com Renan Ribeiro

saopauloadmin7 de dezembro de 2017