Destaque Noticia

Diego Souza busca manter bom retrospecto atuando contra ex-clubes

Contratado em janeiro para ser a referência do ataque do São Paulo e suprir a saída de Lucas Pratto para o River Plate, Diego Souza viveu os dois extremos com a camisa tricolor em pouco menos de sete meses. Depois de estar à beira de ser negociado, o camisa nove se tornou uma referência do elenco comandado por Diego Aguirre dentro e fora de campo.

Autor de dois gols nas duas últimas partidas do tricolor pelo Campeonato Brasileiro, justamente contra clubes nos quais também atuou durante a carreira (Grêmio e Cruzeiro), Diego terá novamente a chance de fazer valer a tradicional “lei do ex” nos dois próximos compromissos do São Paulo, contra Vasco, neste domingo, às 16h (de Brasília), e Sport, duas equipes com as quais criou muita identificação.

“São equipes onde fui muito feliz e só tenho boas lembranças, porém, agora sou São Paulo e nossos objetivos aqui são grandes”,comentou o atacante ao site oficial do tricolor, que aproveitou para pregar muito respeito aos adversários.

Entre os jogadores que disputam o campeonato nacional, Diego Souza é um dos que possui mais condições para balançar as redes contra ex-clubes. Dos 20 times que disputam a Série A, o atacante vestiu a camisa de oito e se levada em consideração as partidas desta edição, o camisa nove passou em branco contra Flamengo, Palmeiras e Fluminense, mas marcou diante do Atlético Mineiro, além da Raposa e do Tricolor Gaúcho.


A boa fase que o São Paulo vive no Brasileiro, entretanto, foi interrompida na última quinta-feira com a derrota para o Colón, da Argentina, por 1 a 0 pela partida de ida da segunda fase da Copa Sul-Americana. Apesar disso, Diego não acredita que o desempenho ruim volte a ser repetido contra o Cruz-Maltino.

“Nesse momento aquele jogo fica no passado. Fizemos o possível para vencer e não conseguimos, acontece. Nosso foco agora é vencer o Vasco e quem sabe alcançar a liderança da competição”, ressaltou o artilheiro do time na temporada ao lado de Nene, ambos com 10 gols.

Fonte: GE

Clique para adicionar um comentário

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Destaque Noticia

Mais em Destaque Noticia

Retomar a confiança: primeiro passo para reagir

saopauloadmin21 de outubro de 2018

Com ataque em baixa, São Paulo deve ter mudanças contra o Atlético-PR

saopauloadmin20 de outubro de 2018

Dupla já considerada ”intocável” cai de produção no São Paulo

saopauloadmin18 de outubro de 2018

Visitante ingrato, São Paulo tenta manter sua marca no Beira-Rio

saopauloadmin14 de outubro de 2018

Em 2008, São Paulo tinha campanha pior a dez jogos do fim

saopauloadmin12 de outubro de 2018

Sem jogar há quase 3 meses, meia pode retornar no próximo ano…

saopauloadmin11 de outubro de 2018

Com lesão, Everton desfalca o São Paulo contra o Inter no domingo

saopauloadmin10 de outubro de 2018

Com trabalho em xeque pela torcida, Aguirre precisa ampliar repertório

saopauloadmin9 de outubro de 2018

São Paulo treina de portões fechados, e jogadores têm conversa em busca de retomada

saopauloadmin8 de outubro de 2018