Noticias

Com Diego Aguirre, São Paulo ainda não levou gols no Morumbi

O São Paulo ainda não sofreu gol no Morumbi desde que Diego Aguirre assumiu o comando da equipe. Nas três partidas do uruguaio em sua nova casa, contra São Caetano, Corinthians e Paraná, o setor defensivo do Tricolor saiu ileso e proporciona a confiança necessária para os decisivos confrontos com Atlético-PR, pela Copa do Brasil, e Rosario Central, pela Sul-Americana.

É bem verdade que o time ainda está longe de demonstrar o futebol que seu treinador considera o ideal. A equipe apresenta falhas no setor de criação e na conclusão das jogadas. Mesmo assim, o desempenho da defesa (o primeiro item na lista de prioridades da nova comissão técnica) está indo bem.

– Quero construir o time, primeiro, defensivamente para depois pensar no ataque. Mas, sinceramente, não gostei da nossa proposta de ataque hoje. Tivemos situações, mas faltou algo a mais. Por isso, valorizo o triunfo, mas temos de melhorar. Não é porque ganhamos que penso que está tudo bem. Que bom que fizemos um gol, mas o time precisa aparecer mais do que nos últimos jogos. Na quinta-feira, temos já um jogo decisivo – explicou o treinador são-paulino, logo após a vitória diante do Paraná, na estreia do Brasileirão.

O comandante da equipe do Morumbi ainda elogiou a qualidade dos zagueiros que tem à disposição. Vale lembrar que o uruguaio está alterando a formação tática do time durante os jogos e o São Paulo atua, em uma mesma partida, com uma linha de quatro e também com uma linha de três defensores, dependendo das situações de jogo.

– Gostei muito do Bruno Alves. Há jogadores de nível similar na zaga. No banco, tem Anderson Martins, que é espetacular. Pode jogar ele, Bruno Alves, Arboleda, Rodrigo Caio, Militão… Os zagueiros são muito bons e experientes. Se não joga o Arboleda, que fez um grande jogo na Argentina, o Bruno Alves faz um grande jogo – pontuou.


O mérito do bom desempenho defensivo, claro, não é apenas dos zagueiros. No duelo com o Paraná, por exemplo, o meia-atacante Marcos Guilherme ajudou bastante os laterais nas investidas da equipe adversária. O mesmo acontece com os meio-campistas e volantes. Atualmente, no Tricolor, todos contribuem com a marcação, o que facilita o trabalho dos defensores.

– O time está bem, jogando do jeito que ele(Aguirre) pede, com muita vontade e aguerrido. Um time com cara uruguaio. Estamos assimilando ainda (ideias do treinador) e vamos trabalhar bastante – afirmou Jucilei, um dos líderes do São Paulo e titular absoluto no meio de campo.

Fonte:

Clique para adicionar um comentário

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Noticias

Mais em Noticias

Equatoriano João Rojas reforça o Tricolor

saopauloadmin24 de junho de 2018

Ricardo Rocha aconselha Nene e Diego Souza

saopauloadmin15 de junho de 2018

Tricolor trabalha Carneiro como reforço pós-Copa para não ‘queimar etapas’

saopauloadmin11 de junho de 2018

Paulinho Boia é aposta de Aguirre no SP

saopauloadmin5 de junho de 2018

Marcos Guilherme se despede do São Paulo

saopauloadmin3 de junho de 2018

São Paulo HUMILHA o Corinthians no Morumbi e é Campeão da Copa do Brasil Sub20!

saopauloadmin2 de junho de 2018

Nenê celebra momento no São Paulo: “É como se eu tivesse 25 anos”

saopauloadmin28 de Maio de 2018

Balanço dos reforços: veja os status dos atletas no São Paulo após 30 jogos

saopauloadmin24 de Maio de 2018

Aguirre deve perder até três atletas e já tem lista de reforços no São Paulo

saopauloadmin18 de Maio de 2018