Destaque

Base do São Paulo volta a ser utilizada no fim da temporada

Com os prováveis desfalques de Hernanes e Pratto, que estão tratando problemas musculares no Reffis, a base do São Paulo deverá novamente ganhar espaço na partida do próximo domingo, contra o Coritiba, pela 37ª rodada do Campeonato Brasileiro.

A tendência é que cinco jogadores que passaram pelas categorias inferiores do clube comecem jogando no estádio Couto Pereira: Militão, Rodrigo Caio, Araruna, Shaylon e Brenner.

Na atual temporada, somente em uma partida o número de jogadores foi maior que esse. Contra o São Bernardo, no dia 29 de março, pelo Paulista, seis jogadores que vieram da base foram escalados por Rogério Ceni: Lucão, Araruna, João Schmidt, Wellington, Júnior Tavares e Shaylon.

O uso da base no início do ano foi a alternativa utilizada por Ceni, já que não havia dinheiro para grandes contratações. Só que, do time idealizado pelo ex-goleiro, dois jogadores acabaram indo embora no primeiro semestre: David Neres (para o Ajax, por R$ 50 milhões) e Luiz Araújo (Lille, R$ 30 milhões).

Com as vendas do primeiro semestre, o São Paulo arrecadou bastante e foi ao mercado para reforçar a equipe, que fazia péssima campanha no Campeonato Brasileiro. Rogério Ceni foi demitido quando o time entrou na zona de rebaixamento, no início de julho. Para o seu lugar, foi contratado Dorival Júnior, que demorou para conseguir fazer o time engrenar.


Foram 14 rodadas no grupo das quatro piores equipes da competição. Nesse período, Dorival recorreu a um grupo mais experiente. Tanto que após a partida contra o Defensa y Justicia, em 5 de abril, quando cinco atletas da base iniciaram a partida, o o time titular só voltou a ter esse número em 17 de setembro, mais de cinco meses depois, contra o Vitória, em Salvador.

Para 2018, de acordo com os planos da diretoria, a base deverá ser bastante utilizada. Além dos que mais vem jogando, como Shaylon, Lucas Fernandes e Júnior Tavares, Dorival pretende apostar Brenner, cria do sub-17, que recentemente renovou o seu contrato.

Como Gilberto vai embora no fim do ano, a ideia defendida por muitos é que o atacante de 17 anos se torne o reserva imediato de Pratto. Além disso, o técnico observará o desempenho da equipe de juniores na Copa São Paulo, em janeiro.

Fonte:

Clique para adicionar um comentário

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Destaque

Mais em Destaque

Pressionado, Dorival Jr pode mudar esquema tático do São Paulo

saopauloadmin21 de Fevereiro de 2018

São Paulo recusa proposta do Dalian FC, da China, por Cueva

saopauloadmin20 de Fevereiro de 2018

Dorival tem aproveitamento superior ao de Ceni, mas é pior em clássicos

saopauloadmin20 de Fevereiro de 2018

Hudson deve ganhar vaga no São Paulo com a suspensão de Petros

saopauloadmin19 de Fevereiro de 2018

São Paulo ainda não venceu times da elite, e Cueva pede foco no trabalho

saopauloadmin19 de Fevereiro de 2018

36 mil torcedores acompanharam a derrota por 1×0 para o Santos. Mais uma derrota em clássicos…

saopauloadmin18 de Fevereiro de 2018

Relacionados para São Paulo x Santos

saopauloadmin18 de Fevereiro de 2018

Valdívia celebra vitória em estreia pelo São Paulo: “Um bom começo”

saopauloadmin16 de Fevereiro de 2018

Dorival rebate críticas ao SP: “Não vejo time com futebol vistoso no Brasil”

saopauloadmin16 de Fevereiro de 2018