Destaque Noticia

São Paulo prepara adaptação do Morumbi para concorrer com arenas rivais

Uma reforma mais profunda do Morumbi segue sem previsão para acontecer, mas isso não significa que o São Paulo esteja satisfeito com o que seu estádio proporciona em seu formato atual. Principalmente quando a comparação é feita com o sucesso das modernas arenas dos rivais Palmeiras e Corinthians, com altas médias de público e uma sólida fonte de renda. Por isso, o Tricolor se organiza para buscar alternativas que tornem a sua casa mais rentável e, acima de tudo, mais atraente para o torcedor.

Como não há possibilidade de uma modernização no momento, a solução foi identificar demandas da torcida e aplicá-las à realidade do estádio. E isso passa por elementos mais complexos, como viabilizar vagas de estacionamento, até ações mais básicas, como perceber que o público que vai ao Morumbi hoje sente falta de opções mais tradicionais de alimentação e poder comprar produtos ligados ao clube – nos dois últimos jogos em casa, o São Paulo vendeu modelos de copos colecionáveis.

Concorrência por shows
O Morumbi sempre esteve vinculado à história dos grandes shows internacionais no Brasil. Desde que o Allianz Parque foi inaugurado, porém, esse protagonismo perdeu força e o próprio São Paulo admite que ficou para trás. A casa tricolor hoje depende dos chamados “mega-shows”, que precisam de uma área maior para o público, mas que acontecem com frequência menor do que os espetáculos que o estádio palmeirense tem recebido – em menos de uma semana, os rivais tiveram apresentações de Phill Collins e Foo Fighters.

Para bater de frente com o Palmeiras, o São Paulo prepara novos formatos para receber shows no Morumbi. A ideia é montar opções diferentes de plateias, mudando o posicionamento do palco no gramado. Com essa variação de tamanhos, seria possível concorrer com os alviverdes e até com casas de show de menor porte. Outro obstáculo do Tricolor em relação ao rival está na localização dos estádios. O Allianz Parque está próximo da estação Palmeiras-Barra Funda, da Linha 3-Vermelha do Metrô, enquanto o São Paulo espera que, após atrasos consecutivos desde 2012, a estação São-Paulo Morumbi, da Linha 4-Amarela, seja entregue até o fim de julho deste ano.

Estacionamento
Se a Arena Corinthians não entra nessa disputa pelos shows, ela é referência em outro ponto: estacionamento para torcedores. O Corinthians fala em cerca de três mil vagas, facilitando a vida de quem vai de carro para o estádio e ajudando nas finanças do clube. O Allianz Parque também apresenta o serviço, mas em menor escala, com 1,5 mil vagas. Na arena palmeirense, os torcedores param seus veículos conforme ordem de chegada, enquanto em Itaquera é preciso reservar uma vaga com antecedência.

O São Paulo entende que essa é uma das urgências para o Morumbi, mas tem dificuldades para viabilizar qualquer projeto. Já cogitou-se em gestões anteriores a construção de um edifício-garagem, em realidade distante para o momento, mas a diretoria quer dar os primeiros passos com uma estrutura já existente no estádio. Há cerca de 300 vagas em um pequeno prédio dentro do Morumbi, que costumam ficar para conselheiros e convidados. A ideia é comercializar pelo menos parte dessas vagas para mostrar ao clube como a prática pode ser rentável.

Concept Hall
Considerada a área mais nobre do Morumbi, o Concept Hall passou por anos de certo esquecimento, principalmente durante a gestão de Carlos Miguel Aidar. Aos poucos, no entanto, o espaço comercial do estádio foi se recuperando. O São Paulo prepara novas atrações para este ano. Uma é a volta da livraria Nobel, sempre exaltada nos tempos de Juvenal Juvêncio e que está perto de firmar contrato para reabrir a unidade no local, acompanhada de um café. A outra pode vir no pacote do acordo com a Adidas, nova fornecedora de material esportivo: reativar a megaloja no Morumbi. O formato foi inaugurado com a Reebok, seguiu com a Penalty, mas não foi levado adiante pela Under Armour no contrato atual.

O Concept Hall também ganhará melhorias em relação à comodidade dos clientes e torcedores. O São Paulo está fazendo ajustes no bolsão do portão principal e na rampa de acesso para a área comercial para que sirvam de estacionamento em dias sem jogos no Morumbi. A medida facilitará o acesso aos restaurantes, lojas e academias e ainda servirá para o Tricolor como uma nova fonte de renda. Essa era uma demanda antiga das atrações do espaço.

Tricolor x Ferroviária, no #Morumbi, terá modelos de copos à venda: um alusivo à camisa II e outro histórico, referente à conquista do bicampeonato Brasileiro de 86! O valor é R$10, e eles estarão disponíveis com ambulantes identificados em todos os setores do estádio ???? pic.twitter.com/ueZ5hgKhdL

— São Paulo FC (@SaoPauloFC) 24 de fevereiro de 2018

Alimentação
A substituição do Habib’s pela Team Eventos na comercialização de alimentos durante as partidas no Morumbi tem sido muita exaltada no São Paulo. O clube acredita que a exclusividade da antiga parceira já havia saturado, tanto no gosto da torcida como no modelo de contrato, que beneficiava muito mais a rede de fast food. Com a Team Eventos, demandas como pagamento com cartão – mesmo com ambulantes – e um cardápio mais variado foram atendidas. A empresa deve instalar suas bases fixas por todo o estádio entre o fim de março e o início de abril.


Para montar o cardápio, o São Paulo e a Team Eventos procuraram entender as vontades do público e foi notado um distanciamento dos torcedores em relação a opções mais “gourmet”. Por isso a decisão de levar o ambiente do entorno do Morumbi para as arquibancadas, vendendo até mesmo o tradicional lanche de pernil. A variedade de produtos, a operação mais eficiente da nova parceira e o modelo do contrato deixam o Tricolor otimista para tornar a venda de alimentos e bebidas uma fonte de renda mais potente do que nos últimos anos.

Fonte:

Clique para adicionar um comentário

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Destaque Noticia

Mais em Destaque Noticia

Pato aceita diminuir salário por Copa 2022

saopauloadmin26 de março de 2019

São Paulo se anima após reunião sobre valores com Alexandre Pato e fica mais próximo de acerto

saopauloadmin25 de março de 2019

Vagner Mancini elogia São Paulo e mostra confiança na classificação

saopauloadmin25 de março de 2019

Morumbi receberá o duelo com o Ituano no domingo

saopauloadmin21 de março de 2019

São Paulo realiza proposta para contratar zagueiro do futebol argentino

saopauloadmin21 de março de 2019

São Paulo negocia com Pato, mas faz silêncio e tenta frear entusiasmo

saopauloadmin21 de março de 2019

Mancini diz que acusação de Jean é ‘mentirosa’ e promete resposta após jogo com São Caetano

saopauloadmin20 de março de 2019

Negociações suspeitas em cifras milionárias marcam diretoria do São Paulo

saopauloadmin19 de março de 2019

Segundo jornalista, Pato teria aceitado teto salarial do Tricolor

saopauloadmin18 de março de 2019