Destaque

Quinto dia de treino do São Paulo: toques rápidos e marcação cerrada

Quinto dia de treinos do São Paulo em Bradenton, quinto dia de trabalhos diferentes no gramado do IMG Academy, onde a equipe faz a pré-temporada antes da estreia no torneio da Flórida. Nesta segunda-feira, no período em que os jornalistas puderam acompanhar o treino, o técnico Rogério Ceni deu ênfase ao trabalho técnico, valorizando a troca de passes, e também a marcação forte, para recuperação da bola.

Após uma sessão de musculação realizada na academia, todos foram para o gramado e realizaram o aquecimento sob comando do preparador físico Zé Mário Campeiz. Na sequência, Rogério Ceni reuniu todo o grupo e o dividiu em duas partes. Uma foi trabalhar com ele e outra com seu auxiliar, o inglês Michael Beale.

A atividade era a mesma. Em cada lado, foram montados três quartetos, um com colete amarelo, um com colete branco e um sem colete, só com a blusa de treino. Um quarteto de cada lado ficava no meio e tentava desarmar os outros dois, que só podiam dar dois toques na bola. A ideia, com isso, além de trabalhar a troca rápida de passes, era forçar a marcação sob pressão. Os jornalistas ficaram mais perto do grupo de Michael Beale, que se esforçava no português para comandar os atletas.

– Vamos, rápido, isso mesmo! Agora muda o grupo! – falou o inglês.


Na sequência, quando todos mudaram de campo para uma nova atividade, os jornalistas foram retirados do IMG Academy, já que só é possível acompanhar meia hora de cada treino. O que chamou a atenção é que, apesar do ritmo muito forte das atividades, nenhum jogador precisou ser poupado até agora.

À tarde em Bradenton, noite no Brasil, os jogadores ganharão a primeira folga em solo americano e poderão passear com os familiares. Todos deverão estar de volta ao complexo da IMG Academy até às 22 horas locais (uma da madrugada de terça-feira no Brasil).

Fonte: Ge