Destaque

Na reestreia de Hernanes, Tricolor faz história no Engenhão!

Foi emocionante, heroico, marcante…profético! Assim, com um espírito guerreiro que confirmou a reação do Tricolor no Campeonato Brasileiro de 2017, o Tricolor bateu o Botafogo de virada por 4 a 3 na tarde sábado (29) em duelo válido pela 17ª rodada! No retorno de Hernanes e com a estreia de Marcos Guilherme, o São Paulo escreveu um capítulo histórico no Engenhão e mostrou a sua força para arrancar o importante triunfo para tirar a equipe das últimas colocações.

Na reta final da partida, os anfitriões venciam por 3 a 1 e caminhavam para decretar o revés dos paulistas. Porém, com muita raça, o time são-paulino foi buscar a virada no placar: Marcos Guilherme, duas vezes, e Hernanes balançaram as redes – Cueva havia marcado na primeira etapa – para garantir a festa dos torcedores nas arquibancadas! Uma atuação épica, que fez o Tricolor saltar para a 15ª colocação, agora com 19 pontos.


Para encarar os cariocas, o técnico Dorival Júnior teve alguns desfalques: Morato (cirurgia no joelho direito), Denis (tendinite no ombro), Lucas Fernandes (estiramento no posterior da coxa esquerda), Maicosuel (aprimora forma física) e Júnior Tavares (edema na coxa direita). Assim, com o Profeta, o treinador escalou o time com Renan Ribeiro; Bruno, Rodrigo Caio, Arboleda e Edimar; Jucilei, Petros e Hernanes; Marcinho, Lucas Pratto e Cueva.

Por iniciativa de Pratto, Hernanes recebeu a braçadeira e foi o capitão da equipe na reestreia. Já os anfitriões atuaram com Gatito; Luis Ricardo, Igor Rabello, Carli e Victor Luís; Rodrigo Lindoso, Matheus Fernandes, João Paulo e Marcos Vinicius; Rodrigo Pimpão e Roger. Quando a partida começou, o Botafogo iniciou com mais posse de bola, ficou mais tempo no campo de ataque e buscou as jogadas na frente.

Porém, quem balançou as redes primeiro foi o Tricolor. Aos 17 minutos, Lucas Pratto desceu da direita para o meio e tocou para Cueva, que tentou a jogada individual. O peruano disputou a bola com os marcadores, ganhou e tocou para inaugurar o marcador no Estádio Nilton Santos: 1 a 0! Os visitantes ainda festejavam o gol do camisa 10, quando dois minutos depois os donos da casa deixaram tudo igual com Marcos Vinícius.

Em busca da vitória, o Tricolor se mandou para o ataque e criou boa chance aos 20 minutos: após boa troca de passes, Edimar recebeu e disparou uma bomba de pé esquerdo. O goleiro do Botafogo defendeu parcialmente e, na sobra, a zaga afastou. O próprio lateral-esquerdo são-paulino, mais tarde, arriscou de longe em outra investida e também levou perigo. E quando tentava retomar a vantagem no marcador, o time são-paulino sofreu o segundo gol aos 25, anotado por Marcos Vinícius. 2 a 1.

Na volta para a segunda etapa, o São Paulo tentou acuar o rival, mas tinha dificuldade para criar as jogadas. Dorival, então, promoveu duas alterações aos 18 minutos para dar fôlego novo ao time: entraram Wellington Nem e o estreante Marcos Guilherme nas vagas de Marcinho e Petros. E as mudanças do treinador funcionaram: aos 20, Wellington Nem invadiu a área em velocidade e foi derrubado. Pênalti. Cueva cobrou, mas Gatito defendeu.

No minuto seguinte, em rápida escapada, os botafoguenses ampliaram com Guilherme e pareciam decretar o revés do Tricolor. Mas, sem desistir e com muito empenho, o São Paulo arrancou a vitória no Rio de Janeiro! Aos 39, Cueva cobrou escanteio pela esquerda, Arboleda desviou e Marcos Guilherme cabeceou para dentro do gol! 3 a 2!

Sem tirar o pé, o time são-paulino manteve a pressão e empatou aos 41 minutos com o Profeta! No lance do gol, Cueva avançou pelo meio e tocou para Bruno na direita. O lateral cruzou, Hernanes desviou de cabeça e a bola sobrou na esquerda para o peruano, que bateu rasteiro. O camisa 15 pegou a sobra, no lado direito, chutou rasteiro, a bola bateu em Igor Rabello. No rebote, desta vez de pé esquerdo, o meio-campista finalizou firme e deixou tudo igual! 3 a 3 e dose ânimo extra para buscar a histórica virada!

E foi assim, com espírito guerreiro, e muita raça que o São Paulo conquistou a memorável vitória no Engenhão! Já nos acréscimos, Cueva fez lindo lançamento para Marcos Guilherme, que invadiu a área e bateu cruzado, no canto! Sem chance para o goleiro adversário! 4 a 3 e muita festa dos atletas em campo e da torcida nas arquibancadas! Emocionante, importantíssimo para o time na competição e a certeza de que o Tricolor reagiu no Campeonato Brasileiro!

Fonte: SiteOficial

Clique para adicionar um comentário

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Destaque

Mais em Destaque

dorival

Dorival muda time e fala em estratégia diferente a cada jogo

saopauloadmin19 de agosto de 2017
sao-paulo-dorival-junior-hernanes-time-instrucao-beira-campo-getty-950x715

Jornal revela que São Paulo contratará goleiro, enquanto dois podem deixar o clube em breve

saopauloadmin18 de agosto de 2017
sidao

Dorival explica troca no gol do São Paulo e diz que conta com Gilberto

saopauloadmin18 de agosto de 2017
leco

Novo Desmanche?

saopauloadmin17 de agosto de 2017
treino

Sem Gilberto, Dorival esboça São Paulo com quatro novidades para pegar o Avaí

saopauloadmin16 de agosto de 2017
dorival

Dorival testa variações, e Lucas Fernandes se destaca em treino

saopauloadmin16 de agosto de 2017
cicero

Cícero recusa proposta dos Emirados Árabes, mesmo estando incomodado no São Paulo

saopauloadmin16 de agosto de 2017
vinicius-pinotti-dirigente-sao-paulo-950

São Paulo busca goleiro e observa o mercado sul-americano, diz repórter

saopauloadmin16 de agosto de 2017
sidao

Se não houver reforço para o gol, Sidão pode ser novidade como titular em breve

saopauloadmin15 de agosto de 2017