Noticias

Jardine: “Classificação com amor e honra à camisa do São Paulo”

Com duas vitórias nas duas primeiras rodadas, São Paulo e Talleres-ARG, se enfrentaram na tarde da última sexta-feira, dia 16 de fevereiro, para decidir quem seria o líder do Grupo A da Libertadores da América Sub-20 e também garantiria a vaga para a semifinal da competição. Com dramaticidade e emoção acima do esperado, o técnico André Jardine não esquecerá a classificação tão cedo, e exalta o grupo Júnior – a partida terminou empatada em 1 a 1, gol marcado por Liziero.

Antes da partida, o comandante já avisava de que seria o jogo mais difícil da primeira fase. Mesmo sem ver grandes destaques na equipe adversária, um Brasil e Argentina sempre é jogo duro. Com a bola rolando, o que era difícil, ficou ainda mais. Aos 18 minutos, Diego recebeu o segundo cartão amarelo, por duas faltas normais de jogo, e acabou expulso.

“Infelizmente o jogo foi completamente diferente do que a gente imaginava. Era para eles jogarem atrás e a gente propor o jogo. Mas uma expulsão bastante questionável no início do jogo desafiou nossa equipe a jogar uma partida decisiva de um jeito diferente do que estamos habituados a jogar”, lamentou Jardine.

Tendo que se defender mais do que atacar, o São Paulo aproveitou uma falha do goleiro argentino e abriu o marcador com um golaço de Liziero, aos 18 minutos de jogo. Porém, seis minutos depois, o empate veio, 1 a 1. “Mostramos que sabemos jogar com força, capacidade, amor a camisa e honra. Me enche de orgulho o jeito que conseguimos essa classificação”, disse.

Quando o jogo encaminhava para os acréscimos, com o São Paulo fechado na defesa, pênalti para o Talleres. Apesar de bem batido, Júnior foi gigante, e defendeu, garantindo o empate e a classificação do Tricolor para as semifinais.


“É um grupo especial no que diz respeito a lealdade, amizade, caráter, honra e como defendem a camisa do São Paulo. Hoje foi mais uma prova que não esquecerei tão cedo. Venceu quem teve mais coração, não apenas técnica e parte física. Mostramos que somos um grupo de homens e não de garotos”, exaltou Jardine.

Com o empate em 1 a 1, o Tricolor chegou aos 7 pontos, os mesmos que o Talleres, porem, com saldo positivo de 11 gols contra 5. Agora, o Tricolor aguarda o líder do Grupo C para saber quem será seu oponente no dia 21 de fevereiro, mais uma vez no Estádio Centenário, em Montevidéu.

Fonte: siteOficial

Clique para adicionar um comentário

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Noticias

Mais em Noticias

Mancini nega injustiça com Jean no São Paulo e “pede respeito ao clube”

saopauloadmin21 de março de 2019

Negociação total de Militão renderá milhões ao Tricolor

saopauloadmin14 de março de 2019

São Paulo empata com RBB e se afoga na crise!

saopauloadmin24 de fevereiro de 2019

“Peço que a torcida confie, porque temos a ambição de fazer o time ser campeão”

saopauloadmin18 de fevereiro de 2019

Mancini comanda o 1o treino após a saída de Jardine no São Paulo

saopauloadmin15 de fevereiro de 2019

Elenco fecha preparação com a energia positiva de Kaká

saopauloadmin12 de fevereiro de 2019

Jardine lamenta falta de tempo para implantar ‘São Paulo dominante’

saopauloadmin8 de fevereiro de 2019

Entre indignação e discurso motivacional, São Paulo se divide após derrota

saopauloadmin7 de fevereiro de 2019

Saiba quanto vale a vaga ao São Paulo na fase de grupos da Libertadores

saopauloadmin6 de fevereiro de 2019