Destaque Noticia

Diego Souza busca manter bom retrospecto atuando contra ex-clubes

Contratado em janeiro para ser a referência do ataque do São Paulo e suprir a saída de Lucas Pratto para o River Plate, Diego Souza viveu os dois extremos com a camisa tricolor em pouco menos de sete meses. Depois de estar à beira de ser negociado, o camisa nove se tornou uma referência do elenco comandado por Diego Aguirre dentro e fora de campo.

Autor de dois gols nas duas últimas partidas do tricolor pelo Campeonato Brasileiro, justamente contra clubes nos quais também atuou durante a carreira (Grêmio e Cruzeiro), Diego terá novamente a chance de fazer valer a tradicional “lei do ex” nos dois próximos compromissos do São Paulo, contra Vasco, neste domingo, às 16h (de Brasília), e Sport, duas equipes com as quais criou muita identificação.

“São equipes onde fui muito feliz e só tenho boas lembranças, porém, agora sou São Paulo e nossos objetivos aqui são grandes”,comentou o atacante ao site oficial do tricolor, que aproveitou para pregar muito respeito aos adversários.

Entre os jogadores que disputam o campeonato nacional, Diego Souza é um dos que possui mais condições para balançar as redes contra ex-clubes. Dos 20 times que disputam a Série A, o atacante vestiu a camisa de oito e se levada em consideração as partidas desta edição, o camisa nove passou em branco contra Flamengo, Palmeiras e Fluminense, mas marcou diante do Atlético Mineiro, além da Raposa e do Tricolor Gaúcho.


A boa fase que o São Paulo vive no Brasileiro, entretanto, foi interrompida na última quinta-feira com a derrota para o Colón, da Argentina, por 1 a 0 pela partida de ida da segunda fase da Copa Sul-Americana. Apesar disso, Diego não acredita que o desempenho ruim volte a ser repetido contra o Cruz-Maltino.

“Nesse momento aquele jogo fica no passado. Fizemos o possível para vencer e não conseguimos, acontece. Nosso foco agora é vencer o Vasco e quem sabe alcançar a liderança da competição”, ressaltou o artilheiro do time na temporada ao lado de Nene, ambos com 10 gols.

Fonte: GE

Clique para adicionar um comentário

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Destaque Noticia

Mais em Destaque Noticia

São Paulo pode ter retorno de Pablo apenas depois da Copa América

saopauloadmin18 de abril de 2019

Volpi minimiza possível pressão do Corinthians em final

saopauloadmin17 de abril de 2019

Cuca tem três opções ofensivas para o lugar de Pablo. Veja cada uma delas:

saopauloadmin17 de abril de 2019

Hernanes pode ser o Raí de 98 e levar Tricolor ao título

saopauloadmin15 de abril de 2019

Cuca revela choro de Liziero por ausência em final e não garante jogador no 2º jogo: “Depende do exame”

saopauloadmin15 de abril de 2019

Para Volpi, São Paulo foi superior ao Corinthians no 1º jogo da final

saopauloadmin15 de abril de 2019

Com tranquilidade, Cuca joga o favoritismo no “canchado” time do Corinthians e isenta meninos de obrigação de título

saopauloadmin13 de abril de 2019

Finais de garotos da base do SPFC contrastam com a primeira decisão da zaga

saopauloadmin13 de abril de 2019

Palco da primeira partida da decisão do Paulistão, Morumbi é 1º estádio totalmente iluminado com LED

saopauloadmin12 de abril de 2019